Diagnóstico e Saúde

10-Dezembro-2016 Hora 08:52   Uretrite: Você sabe o que é e quais são os seus principais agentes infecciosos?

 

 

A uretrite é uma inflamação da uretra que pode ser causada por diversos patógenos, porém as infecções mais comuns estão relacionadas às doenças sexualmente transmissíveis e são um grande desafio para a saúde pública.

 

Recentemente, a terminologia Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) passou a ser substituída por Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), pois caracteriza a possibilidade de uma pessoa ter e transmitir uma infecção, mesmo sem sinais e sintomas.

 

A maior dificuldade para o diagnóstico assertivo está na identificação correta do agente causador, pois os sintomas se manifestam de maneiras semelhantes ou apresentam-se de forma assintomática, aumentando os riscos de transmissão e até mesmo de complicações para a saúde.

 

As uretrites infecciosas que tem origem sexualmente transmissível são classificadas em gonocócicas (UG), causada pela Neisseria gonorrhoeae e não gonocócicas (UNG), causadas por diferentes patógenos como Chlamydia trachomatis, Trichomonas vaginalis, Ureaplasma urealyctum, Ureaplasma parvum e Mycoplasma hominis/genitalium.


As UNG apresentam os mesmos sintomas, por isso são reunidas em um mesmo grupo, ou não apresentam quaisquer sintomas passando despercebido, principalmente nas mulheres. Porém, as consequências podem levar desde a infertilidade, em ambos os sexos, até a transmissão para o recém-nascido, causando infecções oculares e pneumonia.

 

Uretrite: Principais agentes infecciosos

 

Confira os principais agentes infecciosos relacionados à uretrite e suas possíveis complicações:

 

Chlamydia trachomatis

Nos homens causa corrimento uretral (uretrite não gonocócica), inflamação no epididimio (tubo espiralado que fica na parte de trás do testículo) inflamação do testículo.

Nas mulheres causa inflamação do cérvix (extremidade do útero), inflamação no endométrio, inflamação nas trompas de falópio, doença inflamatória pélvica, ruptura prematura de membranas , perihepatite (processo inflamatório intra-abdominal adjacente ao fígado) e gravidez ectópica.

Tanto em homens quanto em mulheres causa proctite, faringite, síndrome de Reiter, assim como infertilidade e conjuntivite e pneumonia em recém nascidos.

 

Neisseria gonorrhaea

Nos homens causa corrimento uretral (uretrite gonocócica), inflamação no epidídimo e inflamação do testículo.

Nas mulheres pode afetar o útero e as tubas uterinas, causa inflamação do cérvix, inflamação do endométrio, inflamação nas trompas de falópio, doença inflamatória pélvica, ruptura prematura de membranas e perihepatite.

Em ambos os sexos pode causar infertilidade.

 

Mycoplasma genitalium

Nos homens causa corrimento uretral (uretrite não gonocócica). E nas mulheres causa inflamação do cérvix, inflamação do endométrio e doença inflamatória pélvica.

 

Trychomonas vaginalis

Nos homens causa corrimento uretral (uretrite não gonocócica) e nas mulheres vaginose com corrimento vaginal, além de poder causar nascimentos prematuros e bebês com baixo peso ao nascer.

 

Mycoplasma hominis

Nos homens causa inflamação da próstata e nas mulheres inflamação do cérvix, infecção no trato genital superior e aborto espontâneo. Em ambos os sexos causa dor, ardor ao urinar e infertilidade.

 

Ureaplasma urealycticum e Ureaplasma parvum

Antes reconhecidos como a mesma espécie,tinha difícil interpretação nos resultados. Nos homens causam prostatite e nas mulheres cervicovaginitis e doença inflamatória pélvica. Além disso, também causam repetição de aborto, parto prematuro, pneumonia em recém nascidos e infertilidade.

Em ambos os sexos causam uretrite não gonocócica

POSTADAS ANTERIORMENTE

Veja Mais

Sky Brasil comunicação e marketing - Todos direitos reservados